Notícias - Corticeira Amorim lança rolhas naturais com garantia de TCA não detetável

Corticeira Amorim lança rolhas naturais com garantia de TCA não detetável

NDTech permite, pela primeira vez numa escala industrial, a análise individual de rolhas de cortiça natural

NDTech permite, pela primeira vez numa escala industrial, a análise individual de rolhas de cortiça natural

Comercialização já decorre em 6 países;

Investimento de cerca de 10M€ em I&D ao longo de 5 anos.

Num claro reforço do seu estatuto de líder mundial, a Corticeira Amorim anuncia o lançamento de uma tecnologia verdadeiramente inovadora para a indústria de rolhas, oferecendo pela primeira vez aos produtores vinícolas rolhas de cortiça natural, com garantia de TCA não detetável*.

NDTech é uma tecnologia de ponta que possibilita uma revolução em termos de controlo de qualidade, na medida em que introduz pela primeira vez uma triagem individual nas linhas de produção das rolhas de cortiça, baseada em cromatografia gasosa, uma das análises químicas mais sofisticadas do mundo.

Tradicionalmente, cada análise de cromatografia gasosa demora cerca de 14 minutos. Com este desenvolvimento, agora anunciado, a Corticeira Amorim conseguiu reduzir o tempo desta análise para cerca de 20 segundos, viabilizando a sua integração numa escala industrial. Note-se, no entanto, que o processo de controlo de qualidade da Corticeira Amorim continuará a integrar estas análises, feitas com base em amostragens estatisticamente relevantes e num total de 16 mil análises mensais.

António Rios de Amorim, Presidente e CEO da Corticeira Amorim, destaca que a robusta aposta da empresa para fornecer ao mercado, de forma contínua, rolhas de cortiça de qualidade tem sido determinante para: “A consolidação do papel da Corticeira Amorim como líder da indústria que, nos últimos 5 anos, viu as suas vendas de rolhas passaram de 3 mil milhões para um número recorde de 4,2 mil milhões em 2015.”

E acrescenta: “Este crescimento resulta, em parte, de uma maior perceção generalizada das vantagens técnicas e de sustentabilidade da rolha de cortiça, assim como da capacidade que esta tem de aportar valor ao vinho. Com NDTech, simplesmente tornamos melhor aquele que já é o melhor vedante para vinho.”

Com uma precisão incrível, NDTech é capaz de detetar qualquer rolha de cortiça que apresente mais de 0,5 nanogramas/litro (partes por trilião) de TCA, removendo-a automaticamente da linha de produção.

Este nível de precisão numa escala industrial é surpreendente, tendo em conta que o limiar de deteção de 0,5 nanogramas/litro pode ser o equivalente a uma gota de água em 800 piscinas olímpicas.

O desempenho de NDTech está a ser validado por entidades líderes mundiais em investigação associada à indústria do vinho - Geisenheim University, na Alemanha, e Australian Wine Research Institute. Este facto é ainda mais relevante na medida em que esta é a única tecnologia de controlo individual de qualidade do TCA alvo de validação científica por parte de ambas as organizações.

A tecnologia NDTech será inicialmente aplicada à gama de rolhas naturais premium da Corticeira Amorim, utilizadas por algumas das marcas de vinho mais importantes do mundo, incluindo as principais marcas nacionais. A recetividade dos produtores de vinho tem sido, como se previa, muito positiva, tendo em conta a importância da rolha natural no packaging premium de vinhos, muito valorizada em mercados-chave para a exportação, como os EUA ou a China.

O desenvolvimento de NDTech é o culminar de um conjunto de medidas que visam um controlo sensorial irrepreensível da rolha de cortiça natural, considerada, desde há muito, o benchmark de vedantes e o que mais valor acrescentado cria para o vinho. A tecnologia NDTech será ainda complementada pelas medidas preventivas e curativas já existentes na Corticeira Amorim, incluindo o patenteado tratamento ROSA Evolution.

Segundo Miguel Cabral, Diretor de I&D, “Desde há muitos anos que na Corticeira Amorim trabalhamos focados neste objetivo, sendo agora possível analisar cada rolha de cortiça individualmente, através do recurso a cromatografia gasosa em apenas alguns segundos, o que viabiliza esta tecnologia numa escala industrial.”

Esta tecnologia, agora anunciada, resulta de um investimento de 10M€, feito ao longo de 5 anos, em parceria com uma empresa internacional especializada em cromatografia gasosa.

*Teor de TCA libertável inferior ao limite de quantificação de 0,5 ng/L; análise efetuada de acordo com a norma ISO 20752.