Notícias - Veuve Clicquot

Veuve Clicquot Cave Privée

350 garrafas foram submersas a 43 m de profundidade com uma temperatura de água na ordem dos 4 a 6º C, em escuridão total.

Em Julho de 2010, a Sul do arquipélago de Aland, na Finlândia, entre os destroços de um navio afundado com cerca de dois séculos, tendo como destino a Rússia, foram descobertas caixas de champanhe. 

Entre estas caixas, foram encontradas 47 garrafas produzidas por Madame Clicquot entre 1839 e 1841 e o seu conteúdo foi encontrado em bom estado! 

Após esta descoberta, a Maison Clicquot lançou um programa de investigação, de seu nome: “Cellar in the sea” de forma a testar o envelhecimento, no mar, ao longo de quatro décadas. As 350 garrafas foram submersas a 43 m de profundidade com uma temperatura de água na ordem dos 4 a 6º C, em escuridão total. Um lote semelhante foi conservado, servindo de testemunha e os resultados da degustação estarão disponíveis daqui a 40 anos.