Qualidade e I&D - Projectos QREN

 

PROJECTO CORKTOBE

Objectivo: O objectivo do projeto CORTOBE, é o desenvolvimento de uma barreira para impedir a migração de material corado das rolhas de cortiça para as bebidas espirituosas.

Tipo: Co-promoção

Consórcio: Amorim & Irmãos,S.A.; FEUP: Faculdade de Engenharia da UP; Universidade de Coimbra–Faculdade de Ciências e Tecnologia e a ARCP: Associação Rede de Competência em Polímeros

Início: 01 de Maio de 2009
Fim: 30 de Abril de 2012
Investimento: 127.935 €

 

PROJECTO INCORK

Objectivo: O objectivo do projecto INCORK foi o desenvolvimento de novos sistemas de decisão para uma classificação de rolhas de cortiça natural que permita atingir níveis superiores de qualidade e da sua consistência de desempenho, quer no que diz respeito à transmissão de oxigénio após engarrafamento, quer à qualidade visual e exclusão de defeitos críticos.

Tipo: Co-promoção

Consórcio: Amorim & Irmãos,S.A. e o Centro de Estudos Florestais do Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa (CEF-ISA-UTL). Além disso teve a participação do New Jersey Institute of Tecnology (NJIT) enquanto investigação contratada.

Início: 01 de Setembro de 2009
Fim: 28 de Fevereiro de 2013
Investimento: 636.194 €

 

BIOACTIVECORK

Objectivo: O objectivo do projecto BIOACTIVECORK foi o de criar valor em componentes constituintes químicos do pó de cortiça, águas de cozedura e do condensado negro, desenvolvendo metodologias de extracção ou fraccionamento susceptíveis de serem industrializáveis. Assim, na fase final do projecto, as fracções/compostos extraídos/purificados começaram a ser utilizados como amostras de avaliação para potenciais clientes/parceiros industriais pertencentes a outros sectores de actividade, tais como farmacêutico e cosméticos.

Tipo: Co-promoção

Consórcio: Amorim & Irmãos, S. A., Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra e Grupo de investigação 3B’s da Universidade do Minho.

Início: 1 de Janeiro de 2010
Fim: 31 de Março de 2013
Investimento: 249.234 €

 

BIOCORK

Objectivo: O projecto BIOCORK tem como objectivo a aplicação industrial de um novo produto de origem natural para tratamento de superfície de rolhas de cortiça e verificação da migração de compostos fenólicos das rolhas através daquele produto. O projecto visa a geração de novos produtos ou melhoria da performance dos existentes que permitirão criar uma nova cadeia de valor acrescentado com forte expressão no mercado internacional.

Tipo: Co-promoção

Consórcio: Amorim & Irmãos, S.A. e a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

Início: 1 de Setembro de 2010
Fim: 31 de Janeiro de 2014
Investimento: 270.576 €

 

SAFECORK

Objectivo: O projecto SAFECORK tem como objectivo o desenvolvimento de um sistema anti-contrafação destinado a produtos engarrafados contido integralmente na rolha natural. O projecto visa adicionar uma nova funcionalidade às rolhas de cortiça.

Tipo: Individual

Consórcio: N.a.

Início: 1 de Setembro de 2011
Fim: 31 de Agosto de 2012
Investimento: 197.449 €

 

CLEANCORK

Objectivo: O projecto CLEANCORK tem como principal objectivo o desenvolvimento de diferentes soluções para erradicar o 2,4,6-Tricloroanisol de rolhas de cortiça através de tratamentos ou sistemas de controlo in situ que garantam a comercialização de rolhas de cortiça com TCA individual não susceptível de afectar a qualidade sensorial dos vinhos.

Tipo: Co-promoção

Consórcio: Amorim & Irmãos, S.A. e o Centro de Engenharia Biológica e Química do Instituto Superior Técnico

Início: 1 de Setembro de 2011
Fim: 31 de Agosto de 2014
Investimento: 351.396 €

 

GLUECORK

Objectivo: O projecto GLUECORK tem como objectivo o desenvolvimento de rolhas técnicas de cortiça 100% naturais. O projecto visa a geração de novos produtos ou a melhoria da performance dos existentes que permitirão criar uma nova cadeia de valor acrescentado com forte expressão no mercado internacional.

Tipo: Co-promoção

Consórcio: Amorim & Irmãos, S.A. a FEUP: Faculdade de Engenharia da UP a FCT-UNL: Faculdade Ciências e Tecnologia da Universidade Nova Lisboa e a ARCP: Rede de Competência em Polímeros.

Início: 1 de Janeiro de 2013
Fim: 15 de Junho de 2015
Investimento: 314.582 €

 

WINEPROOF

Objectivo: O projecto WINEPROOF, surge em continuação do projeto SAFECORK, tendo o mesmo objectivo, nomeadamente o desenvolvimento de um sistema anti-contrafação destinado a produtos engarrafados contido integralmente na rolha natural.

Tipo: Individual

Consórcio: N.a.

Início: 1 de Março de 2013
Fim: 30 de Juno de 2014
Investimento: 160.064 €

 

WINEPROOF

Objectivo: O projecto WINEPROOF, surge em continuação do projeto SAFECORK, tendo o mesmo objectivo, nomeadamente o desenvolvimento de um sistema anti-contrafação destinado a produtos engarrafados contido integralmente na rolha natural.

Tipo: Individual

Consórcio: N.a.

Início: 1 de Março de 2013
Fim: 30 de Juno de 2014
Investimento: 160.064 €

 

NEWTREATCORK

Objectivo: O objectivo do projeto NewTreatCork é o Desenvolvimento de produtos inovadores destinados ao tratamento de superfície de rolhas de cortiça.

Tipo: Individual

Consórcio: N.a.

Início: 1 de Setembro de 2013
Fim: 30 de Junho de 2015
Investimento: 490.772 €

 

TOPCORK

Objectivo: O objectivo do projeto TopCork é o Desenvolvimento de uma nova geração de rolhas capsuladas.

Tipo: Individual

Consórcio: N.a.

Início: 1 de Novembro de  2013
Fim: 30 de Abril de 2015
Investimento: 361.876 €

 

NEWCORK

Objectivo: O projecto NEWCORK tem como objectivo a produção de rolhas de vinho a partir de materiais lenhosos cujas propriedades sejam semelhantes à cortiça. O projecto visa a geração de novos produtos ou melhoria da performance dos existentes que permitirão criar uma nova cadeia de valor acrescentado com forte expressão no mercado internacional.

Tipo: Co-promoção

Consórcio: Amorim & Irmãos, S.A. e o Centro de Estudos Florestais do Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa (CEF-ISA-UTL).

Início: 1 de Janeiro de 2014
Fim: 30 de Junho de 2015
Investimento: 346.930 €

Publicações do projecto:
Ferreira et al., Ind Crops Prods 74 (2015), 998-1007,  http://dx.doi.org/10.1016/j.indcrop.2015.05.065
Ferreira et al., Holzforschung (2015) ,oap,
  http://dx.doi.org/10.1515/hf-2015-0119